Better World

Rompa- me.
Rasgue- me o peito como navalha
Aqueça- me nos dia frios
E dê asas a minha intensidade
Que te tem como combustível
Venha, permaneça
E faça com que eu me sinta viva
Neste naufrágio que é a vida.
— INParanhos (via thiagopolycarpo)
Sourcevia